Media Shots - Digital Storytelling | Circuito pelas histórias de ontem e hoje
15723
post-template-default,single,single-post,postid-15723,single-format-gallery,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-17.1,qode-theme-bridge,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-5.6,vc_responsive

Circuito pelas histórias de ontem e hoje

Circuito pelas histórias de ontem e hoje

Durante uns dias instalámo-nos na aldeia do Talasnal e fizemos um circuito pelas aldeias de xisto na serra da Lousã. Ali ainda se ouvem as pedras e os pássaros. Dizem-nos que o Talasnal tem apenas um habitante que veio da cidade há já alguns anos. Contam-nos também que no último ano também ficou por aqui uma mulher sul africana, vinda da Cidade do Cabo. Deve ter perto de 70 anos e praticamente todos os dias calcorreia a pé os trilhos que levam até à Lousã.
Faz exactamente o que faziam os que habitavam nesta aldeia e percorriam todos os dias o caminho até lá abaixo para trabalhar noutras terras e fábricas. Até que nos anos 50 tudo mudou, um surto de emigração e esta aldeia e as outras em redor ficaram abandonadas.

Viajamos agora por entre paredes intocadas nas suas pedras de xisto a relembrarem-nos como se vivia noutros tempos em que se ouviam os pássaros ao entardecer tal como os ouvimos agora. A iludir-nos também, para pensarmos como tudo seria idílico nesse tempo. Sabemos que não era, a ponto de todos terem fugido, deixando as suas casas tão abandonadas que ainda hoje não se sabe a quem pertenciam.Tantas e tantas histórias por contar nestas aldeias onde, mal o tempo melhora, se encontram cada vez mais turistas nos seus caminhos.